VIAJANTES DO TEMPO

Você já assistiu a série Travellers da Netflix? Não?

Caso contrário, aí vai um resumo (sem spoilers, prometo): É sobre um grupo de viajantes do futuro, que encarnam em pessoas a poucos segundos de sua morte. Eles vêm para o nosso tempo com o propósito de corrigir algumas situações, para que o futuro seja diferente. Cada viajante assume o corpo de uma pessoa alguns segundos antes de seu desencarne natural, adquirindo o comando deste corpo e de sua identidade. Ou seja, a alma deste corpo continua sua jornada, mas o corpo não morre, podendo ser habitado por esta nova consciência do futuro.

Esse grupo vem com uma missão bem definida e nada pode interferir, para garantir que o que foi planejado aconteça realmente, evitando os desastres e tragédias que ocorreram no futuro. No entanto, ao assumirem o corpo e a vida de seu hospedeiro, encontram diversos desafios que não tinham sido previstos, como os problemas de saúde daquele corpo, os problemas familiares, profissionais e os novos sentimentos, medos e dúvidas relativas àquela nova vida.

Fazendo uma analogia, esta série mostra de uma maneira bem interessante o desafio de nossa alma ao encarnar neste corpo biológico humano terrestre.

É maravilhoso estudar sobre espiritualidade e quebrar preconceitos e paradigmas, quando se é livre para pensar, duvidar e questionar os dogmas impostos pelas religiões.

Ao fazer uma analogia com o enredo de Travellers, quero convidar você a imaginar como a sua alma veio habitar esse corpinho terreno que você possui hoje e o quê afinal você veio fazer aqui.

Algumas perguntas para pensar:

1) Você sabe qual a sua missão ao encarnar neste corpo que você habita hoje?

2) Você tem ideia se essa missão “combina” com os propósitos do seu corpo, da família, da sociedade em que você está situado hoje?

3) Seria possível ter ocorrido algum erro na matriz que controla o processo de encarnação fazendo que você ocupasse um corpo que não tenha nada a ver com a sua missão?

4) Será que existe um único ser ou consciência que comanda todo esse processo de encarnação e escolha de corpos, famílias, timeline, etc?

5) E se tudo fosse caótico, não existisse nenhum controle e você se visse sozinho nessa missão, sem ter com quem contar?

Deu um nó, não?

A gente é tão acostumado a acreditar que existe sempre um plano maior e alguém que controla a vida e a morte e tudo o que há abaixo e acima do firmamento, certo? Só que felizmente, uma parte do plano espiritual está nos mostrando que NÃO é assim que as coisas funcionam. Digo felizmente, porque nos últimos anos estamos recebendo mais informações das esferas sutis, possibilitando que nós, aqui encarnados, conheçamos mais sobre a estrutura da nossa alma e como podemos nos tornar conscientes dessa estrutura. E também podermos conscientemente escolher como queremos viver depois de nosso desencarne. A esse processo chamamos de despertar de consciência.

Tentando responder às perguntas acima – sim, tentandopois cada um deve buscar as suas respostas – vou dar algumas dicas, caso você queira de verdade questionar sua origem e existência.

1) Sobre descobrir a missão da sua alma: quem sabe, sabe. Quem vive com prazer, quem sabe o que quer, quem não se sente culpado por suas escolhas e faz o melhor que pode com respeito e harmonia, encontrou provavelmente o propósito de sua alma. Agora, quando vivemos presos a convenções e condicionamentos, levando a vida no automático, tentando nos conformar a um sistema X, Y ou Z e buscando salvadores, gurus, profetas, provavelmente, não.

2) Se a sua missão combina com a realidade de sua existência: Dificilmente irá combinar. Por default, o planeta em sua densidade e negatividade irá transformar sua missão em algo quase impossível de conseguir. “Quase”, eu disse. Todos os sistemas de controle familiares, religiosos, sociais, irão fazer de tudo para que você desista. Ou você é “louco, ou é ingênuo demais, ou deveria ter algo mais importante para fazer com sua vida”. O sistema de educação falido já destrói os sonhos das crianças em pouquíssimo tempo. A indústria farmacêutica destrói suas defesas, sua habilidade de se regenerar e desenvolver de maneira saudável, o transformando refém dos antibióticos, anti-inflamatórios, antidepressivos, te deixando sem dor, sem reflexos, sem sistema imunológico, sem reação. A indústria do entretenimento o trata como idiota, oferecendo para sua diversão o que há de mais baixo e sujo. As religiões te prendem a doutrinas produzidas há milhares de anos, sem fundamento, apenas para te manter preso ao medo e à culpa. Pronto, falei. Então, não se sinta incompreendido ou sozinho em sua missão. É assim mesmo. E é melhor que você seja consciente da dificuldade, para se preparar, estudar, focar nos seus objetivos, deixando de acreditar que vive num mundo cor-de-rosa ou se conformando com esse programa falido.

3) Se existem erros nessa matriz que controla as encarnações: Você já ouviu provavelmente um dos conceitos herméticos “assim como é em cima, é em baixo”. Pois bem… sim! O sistema encarnacional terrestre está saturado, sobrecarregado, é manipulado pelas forças que querem manter e usar a humanidade para proveito próprio. E não, não há como as forças da Luz fazerem uma limpeza geral e manter tudo como está. O que está acontecendo, é o que acontece com todo sistema que está superaquecido e sobrecarregado. Em breve haverá um reset, um reinício de todo o processo. O que for aproveitável será utilizado em um novo sistema operacional, melhor e mais avançado. E o que for refugo… bem… será refugo e deverá ser reciclado.
Quando você se muda para uma casa nova, não vai leva junto o lixo acumulado, certo?

4) Se existe um único ser controlando tudo isso: Existem diversos grupos, com objetivos diferentes, controlando não só este planeta como toda a Via Láctea, o nosso Universo e os outros tantos Universos. Usando o mesmo conceito hermético, a espiritualidade se organiza em diferentes grupos, comandos, ordens, que estão tentando dar conta da bagunça deixada por nós mesmos em diferentes linhas de tempo. Agora, aos poucos, estamos tomando consciência disso. A situação planetária atual é resultado de tentativas e erros de tantas consciências que eram chamadas de deuses (e seus desdobramentos, filhos, partículas) no passado, que achavam que estavam fazendo certo, mas infelizmente a maioria trocou os pés pelas mãos. E usando ainda a analogia com a série Travellers, muitos de nós hoje vieram do futuro, tentando consertar o passado (hoje), para garantir que a gente consiga chegar lá. A humanidade está em parte despertando para esta realidade e ao adquirir consciência que a alma é atemporal e multidimensional, podemos escolher e alterar a programação pré-estabelecida pela matriz planetária que impõe a reencarnação como lei. E não é. Em textos anteriores já falei sobre isso e como o objetivo é sair da Roda de Samsara e não mais encarnar neste planeta.

5) E se fosse tudo caótico, sem ninguém controlando e você estivesse sozinho: É possível que no início dessa jornada você se sentisse realmente sozinho e separado de sua equipe. Mas assim como na série Travellers, se você tem uma missão, você tem uma equipe que trabalha com você. Essa equipe são seus guardiões, amparadores, anjos da guarda, etc. Pois eles assim como você, são almas em diferentes níveis de consciência, tentando cumprir a mesma missão. Ou propósito de vida, como prefiro chamar. E para se conectar com eles basta chamá-los e elevar sua própria energia, para que possa atingir a frequência necessária para perceber esse contato. Enquanto estivermos vibrando energeticamente dentro da frequência atual do planeta, essa comunicação é praticamente impossível. E o que você vai acabar recebendo é estática ou informação truncada de frequências inferiores. Por isso é tão importante o trabalho interno para elevar a qualidade de nossos pensamentos, sentimentos e ações.

E como acaba esta história? Não sei. Tudo isso é só a primeira temporada.

E a missão só está começando…

Agradeço se ao compartilhar cite a fonte http://www.terapeutasquanticos.com e a autoria de Eliana Rocca

A PERFEIÇÃO DA CRIAÇÃO. SERÁ?!

Primeiro gostaria de agradecer a todos que gastaram um pouco de seu tempo lendo, compartilhando ou discutindo sobre o nosso último post. Foi uma surpresa e tanto ver os números de acessos e compartilhamentos.

O nosso objetivo é reforçar o conceito de liberdade e incentivar o questionamento de dogmas, leis e crenças que há tantos milênios são aceitos como verdade, mas que têm causado tanto atraso no nosso desenvolvimento espiritual.

Continuar lendo A PERFEIÇÃO DA CRIAÇÃO. SERÁ?!