Matérias

OS DESAFIOS DA ESPIRITUALIDADE NA ERA DIGITAL

Falar sobre espiritualidade nestes dias é um belo desafio, porque vivemos momentos densos e tensos. Especialmente para quem está o tempo todo online.

Densos, porque o nível de medo, revolta, ansiedade, stress, aumentou significativamente no último ano. É quase impossível não ser impactado por tantas notícias que nos levam a uma grande insegurança com relação ao futuro do planeta. E assim se cria uma tensão física mesmo. Uma grande onda de negatividade que impregna a tudo e a todos.

Manter-se neutro e imparcial é o maior desafio para quem quer elevar sua frequência vibratória e ultrapassar essa crosta de sujeira. Esta sujeira se refere às formas-pensamento e sentimento da humanidade como um todo. Independente de ideologias, religiões, boas intenções, quem está vibrando no medo e na raiva também está produzindo esta sujeira energética que se expande a cada dia. Não existe fé, mandinga, oração que livre quem está vibrando nesta faixa frequencial, se não estiver consciente de sua responsabilidade. Na visão quântica da espiritualidade, o Universo compreende apenas vibração e frequência. E mesmo que você acredite ser a melhor pessoa do mundo, se estiver produzindo medo, ansiedade, culpa, estará emitindo uma frequência baixa, contribuindo para o aumento da negatividade que envolve o planeta.

O que é necessário compreender é que 90% de toda esta sujeira é uma grande cortina de fumaça, um grande holograma que está sendo criado pela própria humanidade para baixar sua vibração e nos prender nesse mar de lama.

E finalmente, qual o papel do mundo digital na espiritualidade?

85% é te manter preso a essa rede planetária. E os 15% restantes são informação, que podem ser utilizados para questionar, fazer pensar e auxiliar no despertar da consciência.

Você pode estar pensando que o mundo espiritual está isento desta emanação, mas na verdade, os níveis astrais mais próximos à nossa realidade sofrem as mesmas influências. Se emitimos ondas de medo, culpa, raiva, insegurança, iremos atrair entidades de igual vibração. E vamos nos distanciando das entidades e consciências que vibram acima, ou além do nível frequencial que a Terra está emanando.

Vamos encarar que aqui e agora a Terra está mesmo indo de mal a pior e tanto eu como você temos que enfrentar o fato de que aqui em 3D a realidade não é tão lúdica e colorida como queremos acreditar. E apenas através da Consciência e assumindo a própria responsabilidade é que teremos condições de ultrapassar essa crosta.

Falando especificamente sobre o ambiente digital x espiritualidade, vamos refletir sobre alguns pontos importantes. A internet tem sido a fonte de pesquisa para todos os campos do conhecimento e da espiritualidade, obviamente. E isso é uma coisa boa. Isto não é uma crítica à ferramenta, mas como ela é utilizada.

Consumimos informação o tempo inteiro. Da mesma maneira que consumimos produtos e serviços. Falar em publicidade hoje em dia é falar de conteúdo e não mais em breaks comerciais de 30” ou páginas de revista. E a grande maioria da população não se dá conta de que o que ela consome diariamente de informação é apenas “mais do mesmo”, pois somos bombardeados com as informações que têm a ver com o que consumimos e buscamos diariamente. Criamos as nossas próprias bolhas virtuais de conhecimento, relacionamento e dogmas, criadas a partir dos mecanismos de busca e monitoramento de tudo o que acessamos em nossos computadores e celulares. Por isso é mais difícil ter acesso aos 15% de informação de qualidade que se esconde além das barreiras do Sr. Google (que nós mesmos criamos). Quem realmente está buscando informação de qualidade deve utilizar diferentes mecanismos de busca. Faça o teste e verá a diferença nos resultados.

Consome-se espiritualidade como quem consome fast-food. São os Spiritual Junkies (ou viciados em espiritualidade fácil e rápida). Tudo o que se parece com um fast-guru faz sucesso. Vejamos testes rápidos para identificar sua alma gêmea, para saber quem você foi na vida passada, quem é seu anjo da guarda ou o significado do seu sonho. Só brincadeira para passar o tempo? Será mesmo? Ou estamos nos acostumando com a facilidade de um click ou do deslizar dos dedos e nos satisfazendo com a primeira resposta que aparece?

E as correntes que viajam pelo Facebook, WhatsApp, e-mail e mensagem privada…. Decretos, orações, canalizações, “alertas” do mundo espiritual dizendo que se você não enviar para 7 amigos algo ruim irá acontecer. Ou aquelas mensagens enviadas sempre por alguma “fonte confiável” com previsões sobre o futuro do planeta que invariavelmente falam que o mundo espiritual está pedindo que você faça isso ou aquilo. E como você não está fazendo nem isso nem aquilo se sente culpado e com medo. E por isso repassa a mensagem para contribuir com a espiritualidade.

Para tudo! O mundo virtual é um espelho do mundo real e hoje é capaz de criar a sua realidade. Se você está confuso, com as emoções desequilibradas, certamente será impactado por todo tipo de mensagem que irá te deixar ainda mais perdido.

Algumas sugestões para ajudar você a diminuir essa ansiedade e a fazer escolhas mais equilibradas no que diz respeito aos conteúdos ligados à espiritualidade.

1) A espiritualidade (de verdade) nunca vai te pedir para fazer isso ou aquilo. Eles não vão ferir a primeira diretriz e interferir nesta realidade. Quem vai pedir que você faça isso ou aquilo é o homem mesmo, através de grupos religiosos ou devocionais que querem atrair seguidores. Entenda que é você quem deve solicitar a interferência dos seres espirituais. E não o contrário.

2) Recebeu algum texto que mexeu com você? Primeiro reflita sobre ele e busque a fonte. Só compartilhe se fizer sentido e você for capaz conscientemente de avaliar aquelas informações. Não acredite cegamente em canalizações ou textos psicografados. Boa parte do mundo espiritual também está presa à densidade terrestre e é normal que eles também tenham suas limitações, mesmo com a melhor das intenções. O que não significa que sejam ruins. Simplesmente é justo que se questione também as mensagens tidas como espirituais, pois ninguém detém a verdade total.

3) Prefira sempre o contato pessoal, olho no olho. Existem diversas facilidades virtuais como terapias online, cursos e consultas que realmente permitem maior acesso à informação, principalmente para quem está longe dos grandes centros. Mas existe muita interferência neste mundo virtual, por isso a recomendação é buscar sempre referências e indicações sobre o terapeuta ou professor com quem você irá se conectar. E especial atenção às iniciações online. Qualquer iniciação online está sujeita a interferências e o resultado pode ser desastroso.

4) Preocupe-se com você em primeiro lugar. Deixe de lado a necessidade de compartilhar tudo o que recebe, achando que está contribuindo com a humanidade. Reflita, medite, leia de verdade. O que você pode fazer para mudar seus padrões e elevar sua própria vibração? Quanto do seu dia você gasta no mundo virtual que poderia ser utilizado para seu bem-estar, sua saúde, sua conexão com sua própria espiritualidade? Seus guias, mestres, gurus estão dentro de você e não na tela do computador.

5) E olhando do outro lado, a espiritualidade está presente em tudo e em todos. Enquanto você estiver psiquicamente ligado ao mundo virtual, você está sendo bombardeado por uma gama de energias tanto eletromagnéticas como densas/umbralinas que estão afetando sua capacidade de se conectar com as realidades sutis de sua própria essência. Para se conectar à sua espiritualidade é fundamental reservar momentos de silêncio, de meditação e conexão interna. E investir seu tempo na observação e contemplação do mundo à sua volta e como você se relaciona com ele. Com a natureza, com os outros seres humanos e animais. Observe e questione. Não há nada errado em duvidar de tudo o que se propaga pela rede.

Duvidar nestes dias nublados é saudável e mostra responsabilidade com a sua existência, maturidade espiritual e desenvolvimento de sua própria mestria.

Agradecemos se quiser compartilhar e solicitamos que mencione a fonte http://www.terapeutasquanticos.com e a autora Eliana Rocca.

⇒ Próxima turma do Método Omrom em agosto/17. Faça já sua inscrição.

⇒ Atendimento presencial em São Paulo. Saiba mais.

MÉTODO OMROM DIAS 20 E 21 DE MAIO

Nos próximos dias 20 e 21 teremos o curso Método Omrom com Marcelo Souza em São Paulo.

O curso Método Omrom apresenta aos alunos a oportunidade de avaliar e renovar seus parâmetros sobre as técnicas terapêuticas, questionando diversos conceitos limitantes relacionados aos antigos dogmas. Através de uma visão racional e centrada nas teorias quânticas, o aluno terá contato com uma visão desmistificada da espiritualidade, das realidades sutis e de sua própria jornada espiritual.

O Curso Método Omrom I foi criado por Rodrigo Romo para qualquer pessoa interessada em saber mais sobre os assuntos relacionados ao autoconhecimento, espiritualidade, Teoria Quântica – como desenvolver sua intuição e criar uma vida mais harmônica. Para quem, provavelmente, já ouviu falar de diversas técnicas que utilizam a energia do pensamento e do Universo para gerar bem estar e prosperidade, mas não teve ainda a oportunidade de conhecer de forma clara e sem misticismos como essa energia pode ser útil no seu dia-a-dia.
Dentro dos conceitos da Cura Quântica Estelar, o professor Marcelo Souza irá explicar como a energia que sustenta todo o universo e nosso organismo, pode nos auxiliar no caminho do equilíbrio mental, emocional, corporal, espiritual e planetário.

Continuar lendo MÉTODO OMROM DIAS 20 E 21 DE MAIO

O PODER DO PENSAMENTO X ENERGIA ALHEIA. COMO LIDAR COM ELA?

Temos há algumas décadas ouvido bastante sobre o poder do pensamento positivo e é fato que ele funciona, quando nos tornamos mais conscientes das nossas próprias criações. Pensamentos obsessivos, depressivos são o resultado muitas vezes da falta de consciência sobre esse mesmo poder de criação que cada um tem, principalmente quando o que nos rodeia parece ser muito mais poderoso do que todo o esforço que fazemos em manter bons pensamentos.

Um bom exemplo de como a qualidade do que pensamos afeta diretamente a nossa vida, é o excelente vídeo abaixo, que explica como tudo em nosso organismo está relacionado: nossas glândulas, sistema imunológico, sistema de crenças, etc. Vale assistir muitas vezes:

Continuar lendo O PODER DO PENSAMENTO X ENERGIA ALHEIA. COMO LIDAR COM ELA?

MATRIZ DE CONTROLE: UMA REFLEXÃO…

Pense e responda antes de ler: Você acha que já está fora da Matriz de Controle?

O termo Matriz ou Matrix de Controle surgiu com o lançamento do filme Matrix em 1999 e ganhou o mundo rapidamente através de esotéricos e teóricos da conspiração, utilizado para explicar os programas de manipulação e condicionamento impostos pelos poderes atuantes, que escravizam a humanidade na busca pelo Poder.

Com o tempo surgiu outro termo que é o Despertar Consciencial, que seria o processo pelo qual os indivíduos que estão atentos a essas manipulações, passam a questionar o status quo e a mudar seus hábitos e padrões de consumo, principalmente. E através da mudança de padrões externos, acabam buscando um estilo de vida mais harmônico e pacífico, normalmente adotando práticas espirituais independentes de dogmas ou doutrinas.

Continuar lendo MATRIZ DE CONTROLE: UMA REFLEXÃO…

VIDA E EXPANSÃO. ALMA E CONSCIÊNCIA.

Quando analisamos a formação da vida dentro de diversos parâmetros da ciência, conseguimos observar que ela acontece a partir de um processo de divisão e multiplicação, renovação e expansão. Na biologia conseguimos compreender a origem da vida através da divisão celular. Na cosmologia, também podemos compreender que o Universo se originou de uma singularidade e está em constante movimento, através da gravidade dos planetas e astros, que se atraem e se repelem a uma taxa cada vez mais acelerada.

Compreender a vida só é possível através do processo de expansão. E um grande insight é compreender que a vida se inicia não pelo caos ou por um acaso, mas através da UNIDADE. Seja a partir de um organismo unicelular que se divide, de uma semente ou da tal singularidade que deu origem ao Universo.

Continuar lendo VIDA E EXPANSÃO. ALMA E CONSCIÊNCIA.

CULPA OU PERDÃO? É VOCÊ QUEM ESCOLHE

Vamos falar sobre a urgência do perdão?

Para se entender a necessidade do perdão, precisamos entender seu maior opositor: a culpa.

Sem entrar em convicções religiosas, a ideia do pecado – que deu origem às maiores culpas da humanidade – por si é contraditória, sendo que o pecado original é relatado no Velho Testamento mas no próprio Judaísmo este conceito não é aceito. Desta maneira, diversos conceitos foram implantados depois de 3 a 4 séculos após a morte de Jesus, para criar o controle das massas e favorecer uma minoria. A culpa ancestral, o tal pecado original, na verdade, tem origem na separação do ser humano de sua própria divindade, de seu direito à reconexão com sua partícula criadora. E isso aconteceu antes mesmo da existência do planeta Terra. A história do “pecado original” pregada por tantas religiões é apenas uma repetição de padrões de outros mundos.

Continuar lendo CULPA OU PERDÃO? É VOCÊ QUEM ESCOLHE

A “SÍNDROME” DA LARGADA

Já ouviu falar da “Síndrome” da Largada?

Imagine um atleta, um corredor, nadador ou piloto, por exemplo, que viva 100% de seu tempo pronto para largar. Em pleno estado de atenção, com todos os seus músculos tensionados e prontos para aquele microssegundo crucial. Ele não larga, mas se mantém indefinidamente neste estado de alerta extremo.

Imaginou? Se um atleta permanecer por mais de alguns minutos neste estado, certamente teria que recomeçar seu preparo, se refazer completamente. Pois depois de vários minutos seus músculos ficariam tão tensos que ele começaria a ter dores lombares e cervicais. Seus músculos ficariam fracos. Sua atenção se dispersaria em poucos minutos. Seu estômago seria tomado pela tensão, pois seu fígado se intoxicaria pela raiva contida que se traduz na impulsão necessária para a competição. Consequentemente sua cabeça começaria a doer e seus olhos ficariam turvos. Sem considerar a frustração da espera e a tensão entre todos os participantes que esperam o mesmo momento.

Continuar lendo A “SÍNDROME” DA LARGADA

ANCORAMENTO – O QUE É ISSO?

Hoje eu gostaria de explicar a importância do ancoramento nestes tempos de transição planetária e expansão de consciência. Se você tem buscado seu desenvolvimento pessoal e espiritual (independente qualquer programação religiosa e devocional pré-estabelecida), é necessário que conheça a importância do seu ancoramento.

Primeiro, vamos entender o que é o ancoramento. Este termo foi criado por Rodrigo Romo dentro da Cura Quântica Estelar para resumir o processo de integração consciente de uma pessoa com sua equipe espiritual.

Continuar lendo ANCORAMENTO – O QUE É ISSO?

CAMINHAR… SEMPRE.

Se você deseja criar mais harmonia, comece entendendo que a paz interior é o que há de mais importante na história de sua vida neste planeta. Pois o desafio está na busca pela Consciência e pela sanidade de sua alma.

Vamos sair da dualidade, dos opostos, dos conflitos desnecessários e buscar o conhecimento para questionar e avaliar onde e o que merece nossa atenção e tempo?

Continuar lendo CAMINHAR… SEMPRE.

QUAL A FUNÇÃO DOS RITUAIS NOS DIAS DE HOJE?

Vemos um movimento crescente entre diversas linhas esotéricas e espiritualistas pelo resgate de rituais antigos, com o objetivo de reconectar as pessoas às suas antigas raízes espirituais, suas essências, enfim, trazer uma reconexão com sua divindade.

Vamos pensar inicialmente no papel dos rituais nos tempos mais remotos possíveis. Quando os antigos habitantes do Planeta Terra viviam nos continentes perdidos da Atlântida, Lemúria e Mu, não havia a necessidade de qualquer ritual, pois eles tinham o conhecimento de sua origem estelar e eram conscientes de sua função, de seu propósito neste planeta. Que era desenvolver uma nova civilização, aprender a criar em conjunto uma nova forma de vida e depois de consolidada essa experiência, retornar ao seu ponto de origem, levando o conhecimento adquirido. Não havia desconexão nem a “falta” de algo que eles não sabiam o que era, pois eles detinham o total conhecimento para buscar sua própria realização na matéria ou no plano 3D como dizemos.

Continuar lendo QUAL A FUNÇÃO DOS RITUAIS NOS DIAS DE HOJE?