CONSCIÊNCIA SOBRE AS SOMBRAS

Quando a gente começa a jornada de autoconhecimento dentro dos estudos das terapias holísticas, especialmente na Cura Quântica Estelar e Método Omrom, uma questão sempre vem à tona: “será que estou pronto para atender, para ajudar os outros?”

Te convido inicialmente a fazer uma reflexão. Com poucas exceções, a gente entra nestes estudos por uma necessidade pessoal, correto? Para ajudar um parente doente, para se curar, para resolver problemas de relacionamento, para se libertar de algum padrão nocivo familiar, etc, etc. Muitas vezes cansados de buscar por respostas nos outros, começamos uma busca interior.

E neste aprendizado, você irá encontrar pessoas com problemas semelhantes aos seus. Por efeito de ressonância, frequência, empatia, você irá se deparar com situações tão ou mais desafiadoras das que você enfrenta ou já enfrentou. Então, como saber se ao atender essas pessoas você está realmente ajudando, ou apenas somando mais negatividade em sua vida?

Aí entram algumas crenças pessoais. Que em todo processo de autoconhecimento precisam ser reavaliadas. Um primeiro conceito ou “lei” que a maioria acredita é que “se estou fazendo o bem, estou protegido pela lei do amor universal”, ou algo semelhante como “a energia só sai, não há contaminação energética”. Mas pela lei de ressonância, em qualquer atendimento energético, ou mesmo numa simples conversa, estamos interagindo com o campo frequencial do outro. E vice-versa. Então, por princípio, existe uma troca, uma contaminação em qualquer interação. O que diferencia a energia do aplicador e do receptor são alguns fatores fundamentais, que precisam ser levados em consideração com muita atenção.

Primeiro, seu Ancoramento. Qual seu relacionamento com seus amparadores, sua equipe espiritual? Afinal são eles que darão a sustentação ao trabalho e irão lidar com os problemas diretamente, dentro das leis universais e visão amplificada, diferente da nossa visão humana limitada e imediatista. Segundo, sua neutralidade, seu não-julgamento. Manter uma postura equilibrada é fundamental, porque se você estiver envolvido emocionalmente, querendo ajudar a qualquer custo, suas emoções desequilibradas irão amplificar o quadro obsessor do outro e aí estará provavelmente atraindo mais problemas para você do que efetivamente auxiliando o outro em seu processo.

E este envolvimento durante a terapia causa muitas dúvidas, frequentemente relacionadas às crenças pessoais do aplicador sobre contaminação energética. Muitas vezes preferimos nos manter na ignorância sobre os assuntos mais pesados, achando que assim estaremos protegidos. O que é um engano. Somos conscientes que germes e bactérias estão em todo lugar, mas não os vemos. Mas mesmo assim lavamos as mãos, pois sabemos da existência deles e do mal que podem causar.

Quando entramos para a egrégora da Rometria (Método Omrom e Cura Quântica Estelar), somos desafiados todos os dias a abrir os olhos e o coração para os assuntos mais densos, sem medo ou preconceito, pois fazem parte da nossa vida. Afinal, a luz só existe nas sombras. Mesmo que a gente não queira ver ou não se sinta pronto para lidar com elas. Elas estão aí, aqui, em todo lugar.

O que fazer então, quando a gente se depara com magias, encantamento, maldições, contratos com grupos rebeldes, quadros obsessores? Como lidar com essas questões nos outros se não sabemos reconhecer isso em nós mesmos?

Estamos vivendo um momento muito conturbado do planeta quando muitos estão falando do processo de “disclosure” ou revelação em Português. Se você acredita que o processo de revelação está ligado apenas ao conhecimento público sobre extraterrestres, está muito enganado. O que está sendo trazido à luz são fatos e informações que até bem pouco tempo atrás pertenciam apenas a pequenos grupos ocultos. O que está sendo revelado é a verdade em todos os segmentos.

Por isso, quanto mais conhecermos as sombras que nos afligem, mais seremos mestres de nossa realidade. Não dá mais para gente se enganar, achando que falar das sombras atrairá mais negatividade. Tudo é informação. Saber que é importante lavar as mãos não atrai mais germes.

Ninguém vai despertar nada além do que já existe dentro de si.

Por isso, para ajudar quem está querendo conhecer mais a fundo a rotina de um curador quântico, seja como terapeuta ou apenas para autoconhecimento, criamos o curso Consciência Quântica, que irá abordar aspectos fundamentais como Ancoramento, proteção e limpeza energética. Quadros recorrentes, como magia, maldição, elementais negativos, formas-pensamento e sentimento, hologramas, contratos, etc. Além de abordar qual a preparação e posturas que o aplicador ou terapeuta precisa ter quanto à ética, nível energético e consciencial, cuidados pessoais e muitos outros assuntos relacionados ao atendimento. Que irão ajudar a compreender os desafios que enfrentamos no dia-a-dia, seja em consultório, como na vida.

Assim você saberá quando estiver pronto, assumindo sem medo ou preconceitos seu papel dentro de sua equipe espiritual, com mais conhecimento e consciência.

⇒ FAÇA LOGO SUA INSCRIÇÃO, POIS SÃO POUCAS AS VAGAS PARA A PRÓXIMA TURMA DIAS 20 E 21 DE OUTUBRO/18. CLIQUE E VEJA O PROGRAMA COMPLETO.
⇒ OPÇÃO DE PACOTE PROMOCIONAL PARA DOIS CURSOS – CONSCIÊNCIA QUÂNTICA + MÉTODO OMOM 2

TRANSIÇÃO. QUANDO CHEGAR A HORA DE DIZER “ADEUS”…

É impossível falar de espiritualidade e despertar de consciência sem falar da nossa relação com os animais. Enganam-se aqueles que acreditam que os humanos possuem uma Consciência superior à dos animais. Podemos ser mais elaborados, mais complexos, sem dúvida. E infinitamente mais estúpidos.

Com nossa mania ou crença de que podemos controlar o mundo, subjugamos outras almas à nossa maneira de pensar e viver, sem permitir, muitas vezes, que esses seres maravilhosos possam abraçar a totalidade de sua existência, simplesmente por capricho ou ignorância. Ou porque nós mesmos não compreendemos ainda que ESTAMOS humanos, momentaneamente. Mas somos uma alma, na busca por experiências na matéria.

Mas está tudo bem, porque os “nossos” animais são almas muito mais conscientes de seu papel, de sua função ou missão nesta breve vida em quatro patas, ou asas, ou guelras, etc. Coitados de nós, pobres seres humanos, que não temos a menor ideia do que somos e o que estamos fazendo aqui.

Continuar lendo TRANSIÇÃO. QUANDO CHEGAR A HORA DE DIZER “ADEUS”…

QUEM SOU EU?

Quem sou eu?

QUEM SOU EU?

Eu sou a presença da Consciência em cada objeto percebido.

Eu sou a Consciência e sua presença em cada pensamento, em cada sentimento, em cada emoção, em cada imagem e em cada sensação.

Eu sou o corpo sem idade do Universo em evolução.

Eu sou a mente atemporal do divino.

Continuar lendo QUEM SOU EU?

ELEMENTAIS – COMO VOCÊ MESMO OS CRIA – POR DASKALOS

– Quais tipos de elementais estamos criando?
Demônios? Por quê?
Porque a partir da divina suprasubstância da vitalidade da Mente, criamos elementais que chamamos de demônios.
… porque elementais são feitos de elementos e elementos são as várias condições dentro da vitalidade da Mente.
Vocês já sabem bastante sobre elementais. E vocês sabem que os elementais são criados por seres humanos utilizando a Mente através do sentimento e do pensamento. Cada emoção, cada pensamento, tudo o que vem à nossa atenção, está criando um elemental.
O elemental tem sua própria forma, ou a forma que nós damos a ele.
O elemental é uma entidade vivente. E porque o chamamos de entidade?
E eu não o chamo de “coisa”, porque um elemental está vivendo sua própria vida. Porque a Mente é viva.
Então vocês têm que entender isso daqui em diante, não apenas pensar, mas compreender a divina suprasubstância da mente, que estão simplesmente criando a partir daí demônios de natureza humana.
O que é um demônio agora? E o que é um anjo? É a guerra dos opostos?
Um demônio, para nós, é uma entidade produtora de dor, existindo em nosso subconsciente, em nossos corpos.
Agora sabemos como um elemental é criado.

Continuar lendo ELEMENTAIS – COMO VOCÊ MESMO OS CRIA – POR DASKALOS

DEPRESSÃO NÃO É DOENÇA. É UM RÓTULO SEM SENTIDO, ATÉ QUE VOCÊ ENCONTRE O SIGNIFICADO. PARA VOCÊ.

Depressão, ansiedade, medo, stress, e tantos outros fatores da vida moderna têm sido vistos e encarados como “normais”. E quanto mais acreditamos que é normal viver num mundo doente, menor a chance de termos uma vida plena. E ainda menor, muito menor, a chance de conseguirmos nos conectar com nossa real espiritualidade. Muitos pregam que é através da dor que conhecemos a deus, mas a verdade é outra. É humanamente impossível mantermos uma vibração positiva, o bom humor e a fé na vida quando estamos em sofrimento. Com a qualidade energética baixa, atraímos energias de igual valor. E assim ficamos mais suscetíveis a formas-pensamento e sentimento negativas, a elementais e obsessores. Por isso compartilhamos com vocês o artigo de uma médica americana que possui uma visão holística do ser humano e traz sempre excelentes matérias sobre como buscar uma vida mais feliz com tratamentos médicos alternativos aos alopáticos, com resultados bem mais efetivos. Neste artigo, ela afirma que depressão não é doença. É um conjunto de sinais, de sintomas, que demonstram que o corpo e a alma precisam de ajustes. E essas mudanças precisam ser encaradas com coragem e determinação.

Continuar lendo DEPRESSÃO NÃO É DOENÇA. É UM RÓTULO SEM SENTIDO, ATÉ QUE VOCÊ ENCONTRE O SIGNIFICADO. PARA VOCÊ.

PROCESSO ASCENSIONAL

Se você é aluno do Método Omrom ou da Cura Quântica Estelar (ambos criados por Rodrigo Romo) ou mesmo simpatizante dos assuntos que tratamos no nosso site e durante os cursos, já deve ter se perguntado algumas vezes sobre o processo ascensional, o que isso significa e como chegar lá.

No desenho abaixo, tentei fazer um “resumo” do que seria o processo ascencional para auxiliar você a unir alguns fios que podem estar soltos por aí.

Continuar lendo PROCESSO ASCENSIONAL

REINICIE SEU CÉREBRO E CONTROLE PENSAMENTOS E EMOÇÕES

Neste artigo publicado em Inglês pelo site THE BEST BRAIN POSSIBLE (link), a autora sugere algumas práticas para todas as pessoas que querem se tornar mais conscientes de seus processos pessoais e controlar sua mente para terem uma vida mais harmônica e produtiva, se livrando de pensamentos impulsivos e repetitivos, focando no momento presente e no que realmente importa. São dicas simples e ótimas e deveriam ser aplicadas por todos de maneira natural.

No dia-a-dia como terapeutas, nos deparamos com diversas situações que poderiam ter sido evitadas se as pessoas tivessem mais consciência sobre o poder que possuem sobre seus pensamentos, sua mente. Boa parte dos processos ligados a miasmas crônicos, quadros crônicos de negatividade e obsessão começam justamente na qualidade dos pensamentos. Crenças pessoais passadas por gerações, nos fizeram pensar e acreditar que somos indignos, pecadores, ou que precisamos “dar o sangue” para conseguirmos algo de bom na vida, entre alguns exemplos. E tantos outros pensamentos inseridos desde crianças, que nos fazem ter medo da vida. Medo de se machucar, medo de ficar doente, medo dos animais, medo de tudo. E o mundo se torna um cenário de perigos constantes.

Algumas situações ligadas à negatividade, porém, têm raizes mais profundas, como contratos ancestrais espirituais que impedem que o indivíduo se desenvolva em um ou vários aspectos da vida. Muitas vezes essas memórias ficam impressas em seus corpos sutis, criando um efeito de ressonância, que como resultado, acaba dificultando os tratamentos e os esforços para criar uma vida melhor. Mas, uma coisa é certa. O trabalho individual, o esforço e determinação de se criar um novo padrão de pensamentos e sentimentos é fundamental para qualquer estágio da vida e para qualquer processo terapêutico.

Continuar lendo REINICIE SEU CÉREBRO E CONTROLE PENSAMENTOS E EMOÇÕES

PALESTRA ESPIRITUALIDADE ANIMAL COM MARCELO SOUZA

No dia 05 de junho às 19h30 Marcelo Souza irá fazer uma palestra entitulada ESPIRITUALIDADE ANIMAL – PARCEIROS DE ALMA e você está convidado.

Se você ama animais e quer compreender melhor a espiritualidade de nossos amigos e saber um pouco mais sobre o processo evolutivo deles, esta palestra é para você. Sem ligação com nenhuma religião ou linha dogmática, iremos abordar alguns assuntos, como:

  • a relação energética entre os animais e seus tutores,
  • o papel dos animais ou sua missão de vida quando convivem diretamente com humanos,
  • os desafios dos humanos para permitirem que eles vivam suas vidas na plenitude de seu propósito
  • e algumas dicas de limpeza e proteção energética para animais.

Continuar lendo PALESTRA ESPIRITUALIDADE ANIMAL COM MARCELO SOUZA

O QUE SIGNIFICA SAIR DA DUALIDADE?

Que tal refletir hoje sobre DUALIDADE?

Nunca se falou tanto em “sair da dualidade” como nos últimos tempos, mas será que compreendemos o que isso significa? Dualidade não é sinônimo de algo negativo, mas tem sido usado como tal. É comum vermos a frase “sair da dualidade” como sinônimo de iluminação espiritual. Entre tantos outros termos utilizados de maneira indevida, este é apenas mais um.

Para tentar esclarecer essa questão, vamos inicialmente fazer uma viagem rápida, dos níveis mais sutis de consciência, até o momento atual. Imagine-se não com o corpo físico que você possui hoje, mas como uma consciência ilimitada, pura energia. Mas o que contém, o que delimita essa consciência?

Continuar lendo O QUE SIGNIFICA SAIR DA DUALIDADE?

ANIMAIS E SERES HUMANOS: FAZEM PARTE DE MÔNADAS DIFERENTES?

Você já parou para pensar alguma vez sobre o que difere ou o que direciona uma determinada alma para o corpo de um ser humano, cão, gato, cavalo, ave, inseto, réptil ou mesmo para um arbóreo ou mineral?

Partindo do princípio que a alma é antes de mais nada energia e dependendo do objetivo daquela alma ou do grupo de almas ao qual ela pertence (Eu Sou e Mônada) ela irá escolher uma determinada experiência na materialidade. E essa experiência não necessariamente obedece ao ego humano de evolução entre espécies, sendo o humano a ponta o iceberg. Sim, ego humano. Pois não há nada que impeça uma alma de encarnar uma vez em um cavalo e depois em um corpo humano. Ou em humano e depois passar pela experiência de viver como um bode, por exemplo.

Continuar lendo ANIMAIS E SERES HUMANOS: FAZEM PARTE DE MÔNADAS DIFERENTES?