O TODO É MENTE E ASCENSÃO É CONSCIÊNCIA

“Não deveis cometer o erro de crer que o pequeno mundo que vedes ao redor de vós, a Terra, que é simplesmente um grão de areia em comparação com o Universo, seja o próprio Universo. Existem milhões de mundos semelhantes e maiores. Há milhões e milhões de Universos iguais em existência dentro da Mente Infinita do TODO. E mesmo no nosso pequeno sistema solar há regiões e planos de vida mais elevados que os nossos, e entes, em comparação aos quais nós, míseros mortais, somos como as viscosas formas viventes que habitam no fundo no oceano, comparadas ao Homem. Há entes com poderes e atributos superiores aos que o Homem sonhou ser possuído pelos deuses. Não obstante, estes entes foram como vós e ainda inferiores, e, com o tempo, vós podeis ser como eles ou superiores a eles; porque, como diz o Iluminado, tal é o Destino do Homem.

A Morte não é real, ainda mesmo no sentido relativo; ela é simplesmente o Nascimento a uma nova vida, e continuareis a ir sempre de planos elevados de vida a outros mais elevados, por eons e eons de tempo. O Universo é vossa habitação e estudareis os seus mais distantes acessos antes do fim do Tempo. Residis na Mente Infinita do TODO, e as vossas potencialidades e oportunidades são infinitas, mas somente no tempo e no espaço. E no fim do Grande Ciclo de Eons, o TODO recolherá em si todas as suas criações; porém, vós continuareis alegremente a vossa jornada, porque então querereis prepara-vos para conhecer a Verdade Total da Existência em Unidade com o TODO. E, quando estiverdes na metade do caminho, estareis calmos e serenos; sois seguros e protegidos pelo Poder Infinito da MENTE-MÃE.”

“Dentro da Mente Pai-Mãe, o filho mortal está na sua morada.”

“Não há nenhum orfão de Pai ou Mãe no Universo.”

O Caibalion

(Livro O Caibalion – Editora Pensamento)

O que chama a atenção, especialmente nos dias de hoje, é como os princípios herméticos, que foram a base da teologia, das religiões, da psicologia e de tantas outras áreas de estudos desmembradas entre ciência e ocultismo, tenham sido deturpados, moldados, adaptados e corrompidos.

Parece que a humanidade, ao invés de crescer e se desenvolver a partir de conceitos milenares baseados na Liberdade e Consciência, simplesmente involuiu, se contentando com a ilusão de deuses salvadores, cobradores e vingadores. E se contentou com a existência terrena, sendo ela o início e o fim de tudo, aceitando a reencarnação neste planeta como Lei. O que não é. Nem nunca foi.  E aceitando a existência de deuses intermediários entre si próprio e o TODO. O que também é uma ilusão.

Como diz o texto: “no fim do Grande Ciclo vocês continuarão alegremente sua jornada, porque irão querer conhecer a Verdade da Existência em Unidade com o Todo”, ou seja, retornar à sua Fonte – seu Eu Sou, sua Mônada e Supra Mônada. E quando estiverem na metade do caminho estarão calmos e serenos, seguros e protegidos pelo poder infinito da Mente-Mãe. Deveríamos enquanto humanidade estar disfrutando do poder Criador, gerador e regenerador, que é explicado como poder infinito da Mente-Mãe. Só que ao chegarmos neste final de ciclo, o que vemos é o oposto. Uma civilização mutilada, incapacitada de viver seu poder de criação. Dependente de terceiros, perdidos e incompletos pelas doutrinas, religiões e preconceitos a respeito da espiritualidade.

Todo mundo tem uma opinião formada sobre a espiritualidade, como os deuses ou os espíritos deveriam atuar, esperando por salvadores, resgates, milagreiros e justiceiros. Mas poucos são os que estão trabalhando internamente o seu poder de Criação, de conexão com a Mente-Mãe, para finalmente, ao final do ciclo, retornar ao TODO, à sua Fonte Que Tudo É. À Mente Pai-Mãe, sem a necessidade de manifestações exteriores, pois o TODO e TUDO já está dentro de si.

E finalmente, se o Universo é Mental, a Mente será o poder mais elevado que produz os seus fenômenos. Ao se compreender isto, tudo o que é chamado de milagre ou prodígio será considerado pelo que realmente é: o TODO É MENTE. Ou seja, para se chegar à iluminação, nirvana, ascensão, elevação, etc, é imprescindível o despertar de sua própria CONSCIÊNCIA.

Durante milênios, os estudos herméticos foram sinônimo de ocultismo. Proibidos para a grande maioria com o objetivo de preservar o conhecimento, acessíveis a poucos iniciados. Hoje em dia, os conhecimentos herméticos estão disponíveis para qualquer um e contêm chaves importantes de despertar de consciência. Ao se compreender os princípios herméticos, muitos conceitos falsos vêm à tona e se inicia uma jornada pela verdade interna e conexão real com a Fonte.

Os ensinamentos de Hermes Trismegisto têm origem numa época muito anterior às doutrinas cristãs, pois ele teria vivido pelo menos 2 mil anos antes de Cristo. Segundo fonte, “Hermes, o três vezes grande” era um legislador egípcio, pastor e filósofo, que viveu na região de Ninus por volta de 1.330 a.C. ou antes desse período; a estimativa é de 1.500 a.C a 2.500 a.C. Teve sua contribuição registrada através de trinta e seis livros sobre teologia e filosofia, além de seis sobre medicina, todos perdidos ou destruídos após invasões ao Egito. O estudo sobre sua filosofia é denominado hermetismo. Pela diversidade de temas, é pouco provável que todos esses livros tenham sido escritos por uma única pessoa, mas representam o saber acumulado pelos egípcios ao longo do tempo. A literatura Hermética hoje em dia foi quase perdida. Estima-se que Hermes Trismegisto fora a inspiração para diversos pensadores da Antiguidade que o sucederam, como Sócrates, Platão e Aristóteles. Seus conhecimentos encontrariam particular força na Idade Média, quando os Alquimistas estudavam os princípios Herméticos sob o pretexto de transformar chumbo em ouro. Todavia, a desculpa utilizada pelos Alquimistas não passava de um pretexto. Seu verdadeiro objetivo era estudar o processo de transformação do ser humano. Como o ouro, o objetivo era transformar a essência humana imune à desintegração.

O CAIBALION EM PDF – BAIXE AQUI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s