ANCORAMENTO – O QUE É ISSO?

Hoje eu gostaria de explicar a importância do ancoramento nestes tempos de transição planetária e expansão de consciência. Se você tem buscado seu desenvolvimento pessoal e espiritual (independente qualquer programação religiosa e devocional pré-estabelecida), é necessário que conheça a importância do seu ancoramento.

Primeiro, vamos entender o que é o ancoramento. Este termo foi criado por Rodrigo Romo dentro da Cura Quântica Estelar para resumir o processo de integração consciente de uma pessoa com sua equipe espiritual.

Algumas pessoas têm dificuldade para compreender o que seria uma “equipe espiritual”, já que esse conceito é pouco difundido na maioria das religiões judaico-cristãs, pois a espiritualidade nestes casos se resume a um único ser magnânimo que controla tudo o que há no universo. E quando muito, anjos da guarda e alguns santos subalternos a esta força suprema. E tudo se resume na maior parte das vezes entre a turma do bem contra o mal.

Como dizia Hermes Trimegisto: “assim como é em cima, é em baixo”. Portanto, a nossa sociedade é o reflexo de diferentes hierarquias e níveis de consciência que atuam em níveis além do nosso mundo material. A equipe espiritual ou o mundo espiritual é formado por um emaranhado hierárquico que contém mestres, juízes e legisladores, policiais, guarda-costas, médicos de todas as especialidades, veterinários, geneticistas, químicos, físicos, planejadores, administradores, contabilistas, programadores de computação, professores, arquitetos e engenheiros, semeadores, operários e trabalhadores em todas as áreas, fazendeiros, criadores, coveiros, faxineiros, negociadores e lobistas. Enfim, um número infinito de atribuições e responsabilidades. E assim como cada um de nós, eles estão buscando sua própria evolução. Só que esta evolução depende de uma ação conjunta, entre os que estão no mundo material e os que estão nestes outros níveis dimensionais e conscienciais. Muitas vezes eles dependem de nós, humanos encarnados, para que possamos materializar determinadas ações que foram iniciadas em níveis sutis.

Muitas vezes não temos a menor noção de que fazemos parte de um conjunto e estamos colaborando intuitivamente com esse grupo. Mas não seria melhor se tivéssemos consciência da existência desses amigos e pudéssemos colaborar através de nossa intenção e atitudes com o propósito maior de nossa alma?

Nossa alma faz parte de todo esse emaranhado cósmico atemporal e agregamos um histórico de vivências em diversas partes desse universo além do plano terrestre. Já estivemos do outro lado muitas vezes colaborando como amparadores, orientadores, médicos, etc… E hoje estamos sendo ajudados e orientados por eles, que assim como nós, talvez já tiveram a oportunidade de viver na materialidade e hoje alcançaram novos níveis de consciência e estão trabalhando para nos ajudar a trilhar o caminho de volta para casa. Esses “amigos” muitas vezes são nossos fractais, ou seja, fazem parte do mesmo Eu Sou. E precisam que eu e você assumamos a responsabilidade por nossa ascensão e comecemos a trabalhar com consciência para tomarmos o rumo de volta. É mais ou menos como um ônibus que não pode deixar o ponto enquanto todos não tiverem embarcado. Só que estamos chegando no limite quando o ônibus terá que partir, mesmo que um ou outro não tenha embarcado. Por isso a urgência de nossa equipe em nos alertar e dar aquela “mãozinha” que falta para a gente acordar.

Há alguns milhares de anos fomos ensinados que éramos meros pecadores à espera de resgate. Mas hoje a espiritualidade tem nos ensinado exatamente o contrário: somos cocriadores responsáveis pela nossa espiritualidade e ascensão.

Então se você quiser se aproximar de sua equipe, seus amigos, seu ancoramento, basta tomar consciência da existência deles. Este já é um grande passo. Pois é só através da consciência que eles podem começar a atuar. O segundo passo é solicitar que eles façam parte de sua vida. Mesmo que você não os conheça pelo nome, pode solicitar em suas meditações e orações, que os seus mestres, amparadores, professores, médicos, guias e guardiões, amigos de jornada o orientem, o protejam. Saiba que não há o que temer, pois eles fazem parte de sua história e muitas vezes são vocês mesmos em outras linhas de tempo, que vieram dar uma mãozinha.

Quando um aluno da Cura Quântica Estelar ou do Método Omrom passa pela sintonização/iniciação, ele recebe novos amigos e orientadores, que irão ajudar não só o aluno físico, como seus próprios amparadores. Ao entrarmos nesta egrégora ou escola física, um novo grupo de professores, orientadores e guardiões começa a atuar em conjunto. Só aumentando o tamanho desta equipe. Mas você pode ativar e reforçar a conexão com seus amigos espirituais a qualquer momento. Ou seja, criar seu próprio ancoramento.

Basta que em suas orações e meditações solicite conscientemente a orientação deles. Você pode criar mentalmente uma sala de reuniões onde pode conversar com eles, discutir e pedir direcionamento. Com o tempo e determinação, você vai perceber sua intuição mais afiada e mais confiança para decidir seus caminhos.

Se quiser saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados ao despertar de consciência, conheça o Método Omrom. Próxima turma nos dias 18 e 19 de agosto/2018!

  • Você pode compartilhar este texto, mas seja legal. Por favor cite a fonte. 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s