6 PRÁTICAS PARA 2016. E PARA A VIDA.

Bom, mais um ano se foi e estamos aqui pensando nos objetivos para o próximo e quais seriam as melhores estratégias para chegar onde desejamos.

E você, já fez a sua lista de objetivos?

De verdade mesmo, só entre eu e você. No íntimo, todo mundo sabe o que precisa ser feito. Só que acha que não tem tempo suficiente, ou não tem a organização e os meios necessários ou não tem a força de vontade para chegar até o final.

De qualquer maneira, se você já sabe o que precisa ser feito e está disposto a conseguir, vamos pensar em algumas práticas prá atrair a energia necessária, manter o foco e a disposição em alta?

A primeira prática é a prática da fé. Não aquela fé em algo que não se vê, em algum terceiro, seja ele quem for, porque você pode se decepcionar. Mas a fé que vem da prova, do teste, do dia-a-dia com o seu melhor amigo: você mesmo. Muitos chamam de resiliência. Aquela certeza de que não importa o que aconteça, desistir não é uma opção. E caminhando com fé você se desafia, você se valoriza e desperta a força que vai te levar adiante, não importando o que aconteça lá na frente.

Portanto, quando bater aquele desânimo, imagine que dentro do seu peito você tem a chave de conexão com o divino, com a força da Criação. E com isso você pode tudo. Só quem tem fé consegue ver alternativas onde ninguém mais consegue. Porque só quem tem fé, arrisca.

A segunda é a prática do silêncio. A mente é uma fonte infindável de ruídos, de pensamentos destrutivos. E é só no silêncio que a alma pode se manifestar e a intuição pode aflorar. O ideal é reservar todos os dias alguns minutos para ficar em silêncio. Seja em meditação ou apenas ouvindo sua respiração. Se você não gosta de ficar sozinho ou não consegue ficar em silêncio, preste atenção, pois isso é um sinal de que você precisa se trabalhar, buscar se conhecer e ter prazer em estar na sua própria companhia.

A terceira prática é da gratidão. Tá, essa não é fácil, a gente sabe. Mas a gratidão virá à medida em que você começa a se ver como protagonista da sua realidade. Quando você entende que não existem culpados, nem vítimas, mas todos estão fazendo o que podem ao longo de sua jornada e que tudo é aprendizado, a vida passa a ter outro sentido. E se tudo é aprendizado e a cada obstáculo que eu ultrapasso fico mais forte, mais sábio e melhor, só tenho a agradecer por tudo à minha volta. Um conceito quântico que é a mais pura verdade: somos o que pensamos e o que vibramos. A gratidão abre espaço, expandindo as boas vibrações e atraindo o que é ressonante.

A quarta prática é a prática do amor próprio. Não tem como conseguir aquilo que você quer sem que primeiro você tenha certeza de que aquilo é o melhor prá você. Parece óbvio, mas quantos de nós não estabelecemos metas e objetivos só para agradar aos outros? Então, certifique-se que os seus objetivos são como uma caixa de bombons. Os mais deliciosos e melhores que você pode desejar. Tem muita gente desejando uma caixa de jiló (os jiló lovers que me perdoem), só porque alguém disse que isso é o melhor prá você. Então, repense seus objetivos e nunca abandone seus sonhos. Cuide do seu tempo, do seu corpo, da sua alimentação, do que você consome, pensa e sente. Afinal, esse seu corpo-mente é o único veículo que você possui para passear por essa experiência terrestre. Conheça-se, aprimore-se, passe mais tempo com você e torne-se cada dia melhor. E ame-se de verdade.

A quinta e talvez a mais importante é a prática da verdade. Quando planejamos nossas metas, normalmente avaliamos prós e contras, fazemos projeções utilizando informações concretas e confiáveis, certo? Imagine se você passou a vida toda fazendo projeções em cima de dados falsos, de mentiras e ilusões?…

Portanto, para que tenhamos um ano produtivo, com aprendizados e realizações, cada um precisa ter consciência da verdade. O nosso planeta vive dentro de uma rede de ilusões, que chamamos de matriz de controle. Cada vez mais os seres humanos estão acordando para as estratégias de manipulação, para as mentiras que nos contam a todo instante. Então, que 2016 seja produtivo e próspero, mas que você possa construir sua casa sobre um terreno firme e não sobre a areia. Por isso, não tenha medo de questionar e buscar sempre a verdade. A sua verdade.

A sexta e última, é a prática da espiritualidade. Não sei o que isso significa prá você, mas prá gente ela significa o contato constante, quanticamente falando, com os níveis sutis de consciência. Conversar com seus guias e amigos espirituais e ter a certeza de que eles estão te ouvindo e interagindo a cada instante. Não buscar em terceiros, mas ser o protagonista e mentor de sua própria ascensão, através de ativação de sua força, fé, luz interior. Não só pensar positivamente, mas agir com coragem, com determinação sem se importar com o que dizem ou pensam de você, seguindo com ética, fazendo o que é justo e correto, buscando sempre sua Luz.

Fé, silêncio, gratidão, amor-próprio e verdade. Todas acabaram se resumindo na prática da espiritualidade, não é?

Então, que o aprendizado diário seja gratificante e a vida prazerosa. Que venha 2016!

Práticas diárias
Práticas diárias

 

 

Um comentário sobre “6 PRÁTICAS PARA 2016. E PARA A VIDA.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s