Os resfriados (e outras doenças) são causados por conflitos

De acordo com a nova medicina germânica (editado), não existe coincidência quando você fica doente com um resfriado. O resfriado está ligado aos acontecimentos em sua vida atual.

O que os pesquisadores descobriram é que existem dois estágios da doença. Existe a fase do conflito ativo e o processo de cicatrização vagotônico . A maioria dos pesquisadores e profissionais de saúde só são conscientes da segunda parte, porque é onde todos os sintomas negativos, como coriza, febre e tosse acontecem.

Na fase de conflito ativo nosso corpo está reagindo ao conflito que estamos vivenciando. Isso pode ser um evento desagradável, como problemas no trabalho, ou uma causa emocional, como brigas ou excesso de estresse.

Isso faz sentido quando esses tipos de estressores estão agindo ativamente, como se você estivesse numa constante batalha. Durante uma luta ou fuga para defender sua sobrevivência, esse estresse faz sentido. Mas se você está no modo de sobrevivência por muito tempo, você pode acabar tendo uma recaída a partir desse conflito.

Imagine que você corre muito rápido até ficar sem energia. O que acontece depois disso? Normalmente você está cansado, com sede e fome. Talvez no dia seguinte você esteja dolorido. Da mesma maneira, depois de um evento que gera estresse, seja ele físico ou emocional, você pode se ver numa fase de cicatrização, para se recuperar do conflito.

Normalmente, a fase da cura virá em qualquer uma das duas maneiras. A primeira é quando você resolve o conflito: por exemplo, quando decide falar com a pessoa que te deixou com raiva, resolve tomar alguma decisão, ou termina algum tipo de desafio, como provas e testes. Após o conflito resolvido o seu corpo vai exigir um trabalho de recuperação muito necessário.

A segunda maneira de entrar na fase de cicatrização é que o seu corpo torna-se tão exausto do conflito que você entra em colapso a partir do estresse e pressão que está carregando. Este é o seu corpo forçando-o a descansar para que ele possa se curar o suficiente para continuar a lidar com o conflito contínuo. Como você pode imaginar, esta segunda opção é perigosa, porque se o conflito não for resolvido o ciclo se repete e você vai ficar doente de novo. Repetindo ciclos longos como este, isso pode resultar em doenças graves que podem até mesmo nos debilitar.
Mesmo se estamos nos sentindo bem neste momento, ainda podemos estar na fase ativa do conflito. É por isso que temos de ouvir os nossos corpos, cuidar bem deles e reconhecer que as emoções fazem parte do sistema de alerta do nosso corpo para manter-se saudável e forte. Ouça seus sentimentos. Você não iria ignorar os sinais de um ataque cardíaco, certo? Então por que você está ignorando a sua ansiedade, tristeza ou raiva?

Busque entender o que você está precisando e reavalie quantas horas está trabalhando, o que come, e como interage com as pessoas. Ao meditar seja mais honesto com você sobre o que realmente está sentindo. Se pergunte: A quem estou me comparando ou querendo agradar? O que eu preciso fazer para manter minha mente e corpo equilibrado? Talvez eu precise de mais tempo para me divertir, ou me exercitar, ou ter uma conversa amorosa com alguém.

Somos seres integrais e para sermos completos, precisamos começar a olhar para a nossa vida de todos os ângulos possíveis. Tente dar uma olhada nos padrões de sua vida e veja se você pode encontrar uma correlação com a doença e eventos em sua vida.

Descubra o por quê você fica doente e o que pode fazer a respeito.
Fonte:
http://thespiritscience.net/…/colds-are-caused-by-conflicts/

– Observação (08/03/2016) – O link da matéria original em Inglês acima não está mais disponível. Por isso, vale uma ressalva. A matéria foi baseada nos estudos da Nova Medicina Germânica do médico alemão Dr. Hamer (http://www.newmedicine.ca/german-new-medicine.php).
A matéria original em Inglês pode ser encontrada neste novo link: http://of-contact.beforeitsnews.com/alternative/2015/01/colds-are-caused-by-conflicts-3100690.html
O objetivo desta matéria é mostrar o quanto somos responsáveis pela criação de nossa realidade e como podemos criar mais harmonia através da consciência. Saiba mais em Atendimentos.

 

 

5 comentários sobre “Os resfriados (e outras doenças) são causados por conflitos

  1. Apenas um adendo: essa medicina não é nova (em verdade, é milenar!) nem tampouco é alemã rsrs.
    A psicossomática já é estudada há séculos. As medicinas orientais, milenares, são pautadas justamente nos princípios que a mecânica quântica hoje explica cientificamente. E, até mesmo considerando o uso dos novos conhecimentos adquiridos como base de uma nova medicina, se pesquisarmos veremos que a Medicina Vibracional (na qual atuo e sou pioneira no Brasil) tem seus primeiros artigos datados de mais de 30 anos! Em 1987 foi lançado o primeiro livro com abordagem direta ao assunto – Medicina Vibracional, do médico americano Dr. Richard Gerber. Deepak Chopra tb tem um livro na mesma linha – A Cura Quântica, apenas com sutis diferenças de abordagem 😉

    Curtir

    1. Olá Jana, este artigo foi baseado nas teorias do Dr. Hamer, que é alemão e criador da Nova Medicina Germânica. Veja por favor em http://www.newmedicine.ca/
      Infelizmente o link da matéria original em inglês não está mais disponível, mas graças a sua observação, vamos incluir um novo link com o fundamento do texto. O objetivo não é defender esta ou aquela teoria. E sim, mostrar o quanto somos responsáveis pela criação de nossa realidade. Atuamos também com a Medicina Tradicional Chinesa, Cura Quântica Estelar e outras técnicas energéticas, e o objetivo é sempre agregar conhecimento. Seja ele milenar ou novo, alemão ou chinês, não existe separação. Tudo é energia.
      Gratos pelo seu contato!

      Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s